Quem Somos


"A ABCMedicinal é uma organização sem fins lucrativos provenientes de uma iniciativa de colaboradores multidisciplinar, pacientes e familiares que conhecem de perto os benefícios que a Cannabis pode proporcionar quando utilizada para fins terapêuticos ou medicinais, ajudando pessoas portadoras de enfermidades que necessitam de informações sobre este remédio, de como produzir e suas variadas formas de utilização."

Objetivo


A ABCMedicinal tem como objetivo promover assistência social beneficente gratuita a sociedade disseminando informações em todos os âmbitos relacionados a Cannabis.

Trabalhamos de forma voluntária e colaborativa sem qualquer discriminação ajudando pessoas e familiares com enfermidades e que necessitam de informações sobre a Cannabis de várias maneiras.

Realizando estudos, ensaios e pesquisas sobre a planta Cannabis e seus derivados, divulgando o resultado à sociedade.

Promovendo eventos como Workshops, Encontros Beneficentes, Seminários e Oficinas buscando fomentar informações sobre a Cannabis Medicinal no Brasil e sobre sua regulamentação.

Visa celebrar convênios e parcerias com entidades publicas e privadas, nacionais ou estrangeiras visando o uso medicinal da Cannabis.

Busca apoio popular para regulação da Cannabis em nome daqueles que urgentemente necessitam dela como medicina.

Missão


Nossa missão é desenvolver o conhecimento e as bases para o surgimento de políticas públicas e privadas, com objetivo de regular um mercado que já existe, e que foi ineficientemente combatido.

A legislação brasileira, ignora que as pessoas dependem da Cannabis para os mais diversos fins medicinais e terapêuticos.

O Estado fere, além do direito a saúde, os princípios da cidadania, da dignidade da pessoa humana, e da sociedade livre, justa e solidária, previstos na Constituição Federal.

Consideramos inconstitucional os dispositivos que tipificam em crime, plantar, cultivar, colher, guardar, transportar, prescrever, ministrar e adquirir Cannabis.
ABCMedicinal Missão
A proibição com sanções penais, impede o acesso à Cannabis para fins medicinais e terapêuticos.

A ABCMedicinal contribui no apoio ao direito de plantar a Cannabis visando a criação de um composto de caráter medicinal.

Diante dos impedimentos legais para a produção de Cannabis, nosso modelo adota o enfoque educativo e de pesquisa como prática produtiva, visando contribuir para o conhecimento dos benefícios e malefícios relacionados a produção, comércio e consumo da Cannabis.

A "Guerra às drogas" nunca atingiu o seu objetivo, e a população se encontra entre a retórica populista e as políticas públicas ineficientes.
Buscamos parcerias que devem ser replicadas em escala nacional para reverter o cenário atual da própria inconstitucionalidade que é proibir o cidadão de produzir sua própria medicina.

A regulação da Cannabis é de extrema urgência, pois existe os que necessitam de sua medicina, e a população seria beneficiada com o enfraquecimento do tráfico ilegal de drogas.

Cannabis - Terapêutico e Medicinal


Em 1973, o Professor Elisaldo Carlini, um pesquisador brasileiro, demonstrou pela primeira vez, em animais de laboratório, os efeitos anticonvulsivantes de extrato da planta Cannabis rico em CBD, sem qualquer toxicidade e ausência de efeitos psicoativos.

Em 1980, um estudo controlado, também realizado no Brasil, em 15 pacientes que receberam CBD ou placebo, além das medicações que já tomavam, indicou que 60% dos pacientes apresentou melhora parcial ou grande redução na frequência e intensidade das convulsões.

A partir do final da década de 90 o uso medicinal da Cannabis voltou a ser praticado legalmente em dezenas de países e em mais de 20 estados dos EUA.

Os principais usos medicinais atualmente descritos na literatura médica são:

- Tratamento de suporte de câncer e AIDS – principalmente pelos efeitos benéficos da maconha para o apetite, a redução dos enjoos e náuseas, o controle da dor e a melhora do bem estar geral, combatendo os efeitos negativos do câncer e da AIDS e de seus tratamentos;

- Controle da dor crônica – especialmente aquela de origem neuropática;

- Glaucoma;

- Esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica.

ABCMedicinal Maconha Medicinal
Professor Elisaldo Carlini
Os principais usos medicinais atualmente descritos na literatura médica são:

- Epilepsia (refratária);
Esquizofrenia;
- Demência;
- Controle de alterações do humor – Como a ansiedade ou a depressão;
- Distúrbios do sono;
- Doenças inflamatórias e autoimunes.

É também muito grande e crescente a amplitude da pesquisa com a Cannabis para uso medicinal, seja terapêutico ou preventivo. Existem pesquisas ou relatos de casos indicando efeito preventivo para o Diabetes e o controle do peso e efeito terapêutico para as principais doenças neurodegenerativas e para alguns tipos de câncer.

Aqui no Brasil há uma história de pesquisas teóricas sobre o sistema endocanabinóide e de pesquisa empírica com o uso da Cannabis para o tratamento de pessoas com dependência por crack, assim como no tratamento da epilepsia refratária infantil, da esclerose múltipla e outras doenças.

SOBRE A ABC MEDICINAL


Trabalhamos de forma voluntária e colaborativa sem qualquer discriminação ajudando pessoas e familiares com enfermidades e que necessitam de informações sobre a Cannabis de várias maneiras, realizando estudos, ensaios e pesquisas sobre a planta Cannabis e seus derivados, divulgando o resultado à sociedade.

Assine a Newsletter

Contato

 

Associação Brasileira de Cannabis Medicinal

Rua José Coppini, 224 - Sala 02 - Centro
São Bernardo do Campo / SP | CEP: 09715-270

E-mail

[email protected]

© 2017/2018 ABC Medicinal. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Site Creator